Blog


You are here: The Worldwide Womb Blessing® > Blog > Meditação e Orações > Meditar com os Arquétipos Femininos durante o Isolamento do Coronavírus: Fase da Mãe

Meditar com os Arquétipos Femininos durante o Isolamento do Coronavírus: Fase da Mãe

This post is also available in: en hr fr it de pt-br pt-pt es

Print Friendly, PDF & Email

Meditação da Mãe (Fase de Ovulação) para aquelas que se encontram em quarentena devido ao Coronavirus (Covid-19)

De: Miranda Gray, Autora e Professora internacional de mulheres

O isolamento social e as restrições motivadas pela presença do vírus podem ser bastante desafiantes para quaisquer dos 4 Arquétipos Femininos e das suas fases dentro do ciclo menstrual. Mas para o Arquétipo Mãe, a falta do toque para demonstrar Amor e Carinho, a falta de socialização com amigos e colegas de trabalho e a falta de estar fora de casa e na comunidade onde se sente fisicamente pertencer, pode revelar-se particularmente difícil. Também, para as mulheres com crianças pequenas que se encontrem confinadas à sua casa, o Arquétipo Mãe pode sentir-se desgastado na sua energia e tempo pelas exigências diárias encontradas e devido ao facto de não estar a receber a revitalização decorrente da alegria da interação social e criativa com os outros.

Podemos não ter a possibilidade de sair para socializar ou tocar os outros com amor, mas podemos dar à Mãe o que ela precisa através da meditação. Podemos trazer pessoalmente a ela a comunidade, a alegria de criar coisas juntos e a sensação de ser tocada e de tocar. Quanto mais a Mãe sentir na meditação, mais profundo o seu bem-estar.

Para criar uma fase de ovulação equilibrada 
leia simplesmente a Meditação da Mãe na sua fase.

A Meditação da Fase da Mãe

Preparação:

Não é necessário ter algo específico para efetuar esta meditação, mas se quiser poderá ter uma imagem ou um objeto à sua frente que represente as energias da Mãe/fase da ovulação/Primavera/Lua Cheia. Poderá também querer vestir algo que expresse a sua Mãe Interna.

Meditação:

Fecha os seus olhos e traz a tua consciência para o teu corpo.

Respira profundamente e vê, sabe ou sente que tens à tua frente uma árvore antiga. Os seus ramos chegam bem acima de ti e as suas folhas verdes abrigam-te do Sol. Por baixo dos teus pés, longas raízes tecem um padrão complexo e cobrem a terra.

Entre duas raízes emerge uma pequena nascente e o canto da água enche o ar, juntamente com o canto dos pássaros que ecoa entre os galhos das árvores.

Respira fundo, sorri e sente que regressaste a casa.

(Pausa)

Encostada à árvore encontra-se uma mulher sentada numa manta ricamente bordada. Ela está vestida com roupas simples e os seus longos cabelos escuros estão seguros numa coroa de flores de Verão. A seu lado, duas crianças sentadas nas raízes da árvore brincam com um jovem gato com riscas ruivas e brancas.

A mulher levanta-se e caminha sorrindo na tua direção e abre os braços para abraçar-te em boas-vindas.

Enquanto ela abraça-te, tu sentes o amor dela à tua volta – e relaxas no seu abraço.

Respira fundo e permite que toda a tensão se derreta no sentimento de ser suportada com profundo amor.

Tu pousas e descansas a cabeça nela, sabendo que és amparada pela Mãe de Todos.

(Pausa)

A Mãe ajuda-te a sentares-te na manta e as crianças colocam o gato no teu colo. Tu acaricias o seu pêlo macio, sentindo o seu ronronar feliz vibrando pelo seu corpo. Por uns momentos, tu desfrutas da simplicidade de acariciar o gato e sentir o seu contentamento espalhar-se também pelo teu coração e pelo teu corpo.

(Pausa)

O som de música anuncia a chegada de um pequeno grupo de homens e mulheres de uma vila próxima. Rindo e brincando, eles preparam um belo banquete nas raízes das árvores e dão-lhe as boas-vindas enquanto trabalham.

Seguidamente fazem uma fogueira e uma mulher pergunta se gostarias de ajudar. Tu juntas-te às outras mulheres a preparar os pratos, ouvindo enquanto elas partilham as histórias do seu dia a dia. O teu coração abre-se e ao sentires conexão com estas mulheres sentes também que fazes parte de uma bela e acolhedora comunidade.

(Pausa)

Enquanto a comida é cozinhada e o sol começa a declinar no horizonte, os músicos começam a tocar.

As faíscas do fogo sobem para o céu que escurece e tu estás cercada por vozes que entoam canções ancestrais sobre a vida.

Relaxada e satisfeita, com uma taça de boa comida e o gato dormindo enrolado no teu colo, tu sabes que estás cercada por pessoas boas e que fazes parte da comunidade e do amor deles.

Relaxa nesta energia e neste sentimento sagrado pelo tempo que necessites.

Quando estiveres pronta para deixares esta meditação. 

Oferece a tua gratidão e amor à Mãe e às pessoas à tua volta pelo bem-estar que recebeste.

Escuta algum conselho que te possa ser dado.

Depois traz a tua consciência para o teu coração, respira profundamente, sorri, abre os olhos e traz a energia da Mãe para o mundo.

Leia as outras meditações do Arquétipo durante o seu Isolamento do Coronavírus: Donzela, Feiticeira e Crone.

This post is also available in: en hr fr it de pt-br pt-pt es