Blog


You are here: The Worldwide Womb Blessing® > Resources > Meditação e Orações > Meditar com os Arquétipos Femininos durante o Isolamento do Coronavírus: Fase Crone

Meditar com os Arquétipos Femininos durante o Isolamento do Coronavírus: Fase Crone

This post is also available in: en hr fr it de pt-br pt-pt es

Print Friendly, PDF & Email

Meditação da Anciã (Crone) (Fase menstrual) para quem se encontra em isolamento devido ao Coronavirus (Covid-19)

De: Miranda Gray, Autora e Professora internacional de mulheres

Em situações stressantes, costumamos simplesmente “aguentar” durante a nossa fase menstrual. Recorremos às nossas energias de emergência para tentar nos motivar, fazemos as coisas de uma forma meia adormecida, bebemos mais café e, devido à ansiedade que se espalha no nosso corpo com as substâncias químicas do stress, forçamo-nos a ser activas no mundo quando o nosso estado natural é de recuar

Com tantas pessoas a confiar em nós, sentimos que não podemos ceder à necessidade de deixar ir e descansar mais. Mas a Anciã (Crone) precisa de descansar e, precisa do seu tempo espiritual para se conectar ao seu eu mais profundo, para que ela tenha a magia da renovação das suas energias enquanto passa da Anciã (Crone) à Donzela. Além disso, em tempos de crise, ela tem a sabedoria necessária para tomar decisões.

Podemos ter que continuar a “aguentar” durante a nossa fase da Anciã (Crone) nesta época de crise, mas podemos dar à Anciã (Crone) o descanso e a conexão espiritual que ela precisa na meditação. Podemos proporcionar-lhe a oportunidade de libertar os seus medos e tensões e de confiar novamente no Divino Feminino.

Quanto mais a Anciã (Crone) libertar durante a meditação, maior será a conexão à sua alma.

Para criar uma fase menstrual equilibrada,
leia simplesmente a Meditação da Anciã (Crone) na sua fase.

Meditação da Fase da Anciã (Crone)

Preparação:

Não precisa de nada específico para realizar esta meditação, mas seria bom ter, à sua frente, uma imagem ou um objecto que represente as energias da Anciã (Crone)/menstruação/Inverno/energias da Lua Negra/Nova. Talvez aprecie fazer esta meditação deitada (não interessa se for ao deitar) ou com um xaile sobre a cabeça e os ombros.

Meditação:

Fecha os olhos e traz a tua consciência ao teu corpo.

Estás sentada numa gruta onde, no centro, se encontra uma pequena fogueira. O chão está coberto de tapetes vermelho carmim tecidos e o espaço é preenchido pela quente Luz dourada do fogo.

Uma velha mulher senta-se junto à fogueira aquecendo um pote cheio de líquido e ocasionalmente acrescenta ervas secas. A gruta está envolta em silêncio, excepto o som do crepitar do fogo. O mundo exterior parece muito distante.

(Pausa)

A velha mulher puxa para trás o seu capuz escuro e consegues ver o seu rosto à luz da fogueira. Tatuagens azuis escuras circundam as suas bochechas e a sua pele escura está em sintonia com a idade. O seu cabelo branco e fino está preso num carrapito e os seus olhos cintilam com boas-vindas e amor. Ela aponta para que te sentes junto à fogueira e enche uma taça com chá e entrega-ta.

Enquanto provas o chá e o saboreias, pousas o olhar no brilho do fogo, deixando-o absorver todos os teus pensamentos, tensões e responsabilidades do mundo exterior.

Algumas coisas fluem facilmente para serem libertadas e transformadas pelo fogo e começas a sentires-te mais relaxada.

(Pausa)

Algumas preocupações e resistências não cedem ao desapego porque estás com medo de que, ao desapegares-te delas, possas esquecê-las ou que deixarão de ter importância para ti.

A Anciã (Crone) vem até ti e senta-se ao teu lado colocando as mãos dela nas tuas. Sentes amor e uma calma profunda a fluir dela para ti.

Sabes que neste lugar podes encontrar um santuário que te protege do mundo e que não é um lugar onde se abandona o mundo, mas onde podes deixar ir, descansar e restaurar as tuas energias e o teu bem-estar.

Respira profundamente e, preenchida com a segurança do amor da Anciã (Crone), deixas finalmente ir tudo.

À tua volta, a gruta enche-se de estrelas e de galáxias.

(Pausa)

Sentes-te Uma com o todo.

Sentes aceitação de tudo, tal como é – o passado, o Agora e o que o futuro possa ser.

Sentes a aceitação fluir nos teus ossos, nas tuas células e no teu ADN.

No fundo, bem lá no fundo de ti, sabes que está tudo certo – porque és mantida na paz e no santuário da Anciã (Crone).

Ela senta-se ao teu lado, a tua guardiã e protectora, o seu amor fluindo ao teu redor, curando as tuas feridas e renovando quem realmente és.

(Pausa)

Quando te sentires pronta para deixares esta meditação.

Traz a tua consciência ao teu coração e agradece à Anciã (Crone) pelo maravilhoso dom que ela te deu.

Escuta qualquer conselho que te possa ser dado.

Traz novamente a tua consciência ao teu coração, respira profundamente, sorri, abre os olhos e leva a sabedoria da Anciã (Crone) para o mundo.

Leia as outras meditações do Arquétipo durante o seu Isolamento do Coronavírus: Donzela, Mãe e Feiticeira.

This post is also available in: en hr fr it de pt-br pt-pt es